sexta-feira, 1 de abril de 2011

O pulo do malte



2010 foi um ano record para a exportação de whisky escocês por todo o planeta: somando dados do mundo todo, as vendas da bebida cresceram 10%, comparado a 2009, o que representa R$9 bilhões em compras.

Aqui no Brasil, estamos na 11ª posição no ranking dos países que mais consomem o destilado no mundo, o que representa um gasto de R$175,5 milhões em compras das garrafinhas cheias do líquido escocês no ano passado, aumentando em 12% as importações de whisky comparado com 2009.

Mas, se aqui no tupiniquim o consumo da bebida aumentou, nós somos a exceção do continente: o consumo de whisky nas Américas Central e do Sul caiu 9% no ano passado.

Os dados da Associação Escocesa de Whisky colocam os Estados Unidos em primeiro lugar no consumo da bebida, totalizando R$1,3 bilhão em compras em 2010. Porém, quem mais se destaca no ranking "on the rocks" é a Africa do Sul: consumiram 56% a mais de whisky em 2010 em relação a 2009.

Gigante
No Brasil, o consumo de whisky representa 17% do total de consumo de bebidas alcoólicas. De olho nessa fatia de malte, a Diageo quer aumentar esse mercado e vai investir, até junho deste ano, o dobro do que foi investido no ano passado, criando ações, promoções e campanhas publicitárias.

Vale lembrar que hoje o Brasil está entre os 10 maiores consumidores da Diageo do mundo, sendo que até 2007 não estacionava nem entre os 20.

Nenhum comentário:

Postar um comentário