terça-feira, 8 de março de 2011

Direto do carnaval

Ok, sei que estou interrompendo a programação oficial do Cigarra, que deve tratar de temas ligados às mulheres durante este mês.
Mas saiba, é por um motivo muito nobre. Talvez o mais nobre do ano: O carnaval.


Trago então notícias serpentinadas, direto do Rio de Janeiro.
Pelo que apurei (rapidamente, devo admitir. Não parece, mas é carnaval pra mim também), a empresa Dream Factory ganhou a licitação para organizar, pelo segundo ano consecutivo, o carnaval na cidade. Quem ficou com o patrocínio foi a Antártica (Ambev), e o Banco Itaú.


Resolveram criar uma campanha para (tentar) conscientizar os foliões sobre os lugares adequados para se fazer xixi. Tolerância zero com os mijões, no português claro (até hoje de manhã, cerca de 500 pessoas haviam sido presas em decorrência de uma bixiga cheia). O único problema é que distribuíram pela cidade nada mais do que quatro mil banheiros químicos. Isso tudo para nada menos do que TRÊS MILHÕES de foliões, de acordo com a expectativa do Guia de Carnaval de Rua Rio 2011.

Numa conta rápida - e eu sei que não sou boa nisso, mas vamos lá: Dividindo três milhões por quatro dias de festa, são 750 mil pessoas. Sendo assim, a proporção é de quase 188 pessoas por banheiro em um dia. Ou seja, até hoje a noite (último dia de festa), já devem ter pasado 752 pessoas por um único banheiro!
Eu fui a campo. Literalmente. E posso afirmar, que, se esse número não está exato, está muito próximo da realidade.

Além desses números absurdos, outra bizarrice desse patrocínio foi o fato de eu só ter encontrado Antártica em TODOS os lugares por onde passei, inclusive por muitos bares e não apenas nos ambulantes. As latinhas azuis simplesmente dominaram a cena e não foi possível encontrar uma única lata de Skol, Devassa ou Itaipava pela cidade. Um termendo monopólio que - não sei se eu sou menoria - mas no meu caso, me fez mais ter raiva da Antártica, do que tomar gosto por essa marca de cerveja.





Antártica: Monopólio e o filme queimado

Maioria das informações daqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário