quarta-feira, 2 de março de 2011

Clube das mulheres





Vinte e oito por cento das mulheres brasileiras estão insatisfeitas com os serviços finaceiros. 
Não à toa, hoje 75% delas investem algum dinheiro na poupança* - uma das menores taxas de rendimento do mercado.
Surfando na onda dos clubes de compras, e de olho nessa realidade, começam a surgir os clubes de investimento focados nas mulheres.
Funciona assim: uma corretora administra os interesses gerais do grupo, orientando nas compras das ações e no tipo de investimento. O dinheiro pode ser aplicado em diversos investimentos, mas como regra, pelo menos 51% do montante deve ser destinado a ações.
O bacana é que as orientações e dicas são mais personalizadas, como para certa faixa etária, condição social e até direcionadas a determinado objetivo. E serviços personalizados normalmente tendem a ganhar o público feminino.
Achou a ideia legal? Entra lá: www.mulherinvest.com.br e BMF&Bovespa.


*Dados Sophia Mind

Nenhum comentário:

Postar um comentário